Manual do Toyota Corolla Fielder (2006)

Abaixo está disponível um manual do Toyota Corolla Fielder (2006). Todos os manuais do ManualsCat.com podem ser visualizados gratuitamente. Pelo botão "Seleccionar uma língua", podes escolher em que lingua preferes visualizar o manual.

  • Marca: Toyota
  • Produto: Carro
  • Modelo/nome: Corolla Fielder (2006)
  • Tipo de ficheiro: PDF
  • Línguas disponíveis: Português

Índice

Página: 0
Manual do proprietário
o
Publicação N OM99151F - Corolla
o
Publicação N OM99152b - Fielder
P/N 01999-98416-B
Impresso no Brasil
Outubro/2006
01999- 98416- B
By vilma.silva at 4:30 pm, Dec 28, 2012
Página: 1
ATENÇÃO
Certifique-se que no ato da entrega deste manual, você
esteja recebendo também o respectivo Livrete de
Garantia devidamente preenchido.
Confira se todos os dados estão corretos (número do
chassi, data da nota fiscal, endereço, etc.), pois isso
lhe trará toda a tranquilidade que a Garantia Toyota
lhe proporciona.
Toyota do Brasil Ltda.
By vilma.silva at 4:32 pm, Dec 28, 2012
Página: 3
i
Prefácio
Bem-vindo ao crescente grupo de pessoas que dirigem os veículos Toyota. Estamos orgulho-
sos quanto à engenharia avançada e à qualidade de cada veículo que construímos.
Este Manual do Proprietário explica o funcionamento de seu novo Toyota. Leia-o
atentamente e peça a todos os passageiros que sigam as instruções cuidadosa-
mente. Agindo assim, você irá desfrutar durante muitos anos da segurança e do
funcionamento perfeito do seu veículo. Leia atentamente as páginas a seguir para
maiores informações sobre este manual e sobre seu Toyota.
Quando levá-lo para manutenção, lembre-se que a sua Concessionária Autorizada Toyota
conhece perfeitamente o seu veículo e almeja a sua completa satisfação. Ele lhe fornecerá
serviços de qualidade, e qualquer assistência que você precisar.
Por favor, deixe este Manual do Proprietário junto ao veículo quando for revendê-lo. O
próximo proprietário precisará destas informações também.
Todas as informações e especificações deste manual estão atualizadas à época da impres-
são. No entanto, devido às contínuas melhorias nos produtos Toyota, nos reservamos ao
direito de efetuar modificações a qualquer tempo, sem aviso prévio.
Observe que este manual se aplica a todos os modelos e fornece explicações sobre
todos os equipamentos, incluindo opcionais. Desta forma, você poderá encontrar
informações sobre equipamentos não disponíveis em seu veículo.
TOYOTA DO BRASIL LTDA.
2006 TOYOTA MOTOR CORPORATION
Todos os direitos reservados. Este manual não pode ser reproduzido ou copiado, total ou em
partes, sem a permissão por escrito da Toyota do Brasil Ltda.
©
Página: 4
ii
Informação importante sobre o seu Toyota
Sistema de proteção dos ocupantes
A Toyota incentiva você e a sua família à leitura atenta da Seção
1 - 3 deste Manual do Proprietário. Para facilitar a compreensão
e desfrutar o máximo do sistema de proteção dos ocupantes do
veículo, a Seção 1 - 3 deste Manual do Proprietário é a leitura
mais importante a ser feita por você e por sua família.
Na Seção 1 - 3 estão detalhadas as funções e operações dos
bancos, dos cintos de segurança, do sistema Airbag e do siste-
ma de segurança para criança, além de outros riscos potenci-
ais que você deverá conhecer. Estes sistemas funcionam em
conjunto com a estrutura geral do veículo a fim de fornecer
proteção aos ocupantes no caso de uma colisão. O efeito de
cada sistema é intensificado quando o mesmo é usado correta-
mente e com outros sistemas. Nenhum sistema de proteção
dos ocupantes individualmente poderá oferecer o mesmo nível
de proteção que estes sistemas podem oferecer quando usa-
dos em conjunto. Por isso é importante que você e sua família
entendam o objetivo e o uso correto de cada sistema e o relaci-
onamento com os demais sistemas.
O objetivo do sistema de proteção dos ocupantes é ajudar a
reduzir a possibilidade de morte ou de ferimentos graves no
caso de uma colisão. Nenhum desses sistemas, individualmen-
te ou em conjunto, poderá garantir que não haja ferimentos no
caso de uma colisão. No entanto, quanto mais familiarizado você
estiver com o funcionamento correto destes sistemas, maiores
serão as chances de sair ileso de um acidente.
Os cintos de segurança proporcionam a proteção básica a todos
os ocupantes do veículo, e, portanto todos os ocupantes devem
sempre usar os cintos de segurança corretamente. As crianças
devem sempre estar protegidas por sistemas de proteção apro-
priados à estatura e idade. Os sistemas SRS airbags foram
projetados para funcionar com os cintos de segurança; o sistema
não substitui os cintos de segurança. Os SRS airbags podem ser
muito efetivos reduzindo o risco de ferimentos na cabeça e no
tórax, impedindo o impacto com partes do interior do veículo.
Para que sejam efetivos, os SRS airbags devem disparar a uma
velocidade muito grande. O rápido disparo dos SRS airbags os
torna causa de ferimentos graves se o ocupante estiver muito
próximo do airbag, ou se um objeto ou parte do corpo do ocupante
estiver posicionada entre o ocupante e o airbag no momento do
disparo. Este é apenas um exemplo de como as instruções na
Seção 1 - 3 deste Manual do Proprietário podem assegurar o uso
correto do sistema de proteção dos ocupantes, e aumentar a sua
segurança e a de sua família em caso de acidente.
AToyota recomenda a leitura cuidadosa da Seção 1 - 3 e observa-
ção das informações enquanto você for proprietário do veículo.
Página: 5
iii
Acessórios, peças de reposição
e modificações em seu Toyota
Uma grande quantidade de peças de reposição e acessórios
não originais para os veículos Toyota estão disponíveis no mer-
cado. Utilizando estas peças de reposição e acessórios não ori-
ginais, você poderá afetar a segurança do seu veículo, mesmo
que estes componentes sejam aprovados pelas leis vigentes. A
Toyota não se responsabiliza e nem garante peças de reposi-
ção e acessórios que não sejam originais Toyota, tão pouco a
substituição ou a instalação desses componentes.
O veículo não deve ser modificado com produtos não originais.
Modificações com produtos não originais Toyota podem afetar o
desempenho, segurança ou durabilidade, e ainda violar regula-
mentações governamentais. Ainda mais, danos ou problemas
de desempenho resultantes das modificações não serão cober-
tos pela garantia.
Instalação de sistemas
de rádio comunicação
A instalação de sistemas móveis de comunicação no seu veículo
pode afetar os sistemas eletrônicos tais como alarme, travas e
vidros elétricos, injeção do tipo multiponto e multiponto seqüencial,
bomba de combustível controlada eletronicamente, sistema de
freio anti-blocante, SRS airbag e pré-tensionador dos cintos de
segurança. Certifique-se com a sua Concessionária Autorizada
Toyota quanto às medidas preventivas ou informações especiais
a serem observadas na instalação.
No caso de sucateamento do seu Toyota
Os dispositivos SRS airbag e pré-tensionadores dos cintos de
segurança do seu Toyota possuem explosivos químicos. Caso o
veículo seja sucateado com os airbags e pré-tensionadores
intactos, poderá causar acidentes, tais como incêndio. Os dis-
positivos do SRS airbag e dos pré-tensionadores dos cintos de
segurança devem ser removidos por uma Concessionária Auto-
rizada Toyota antes de sucatear o veículo.
Página: 6
iv
PLUS SERVICE 24 HORAS
A Toyota do Brasil coloca à sua disposição um atendimento
personalizado de 2ª a sábado, das 8h às 20 h.
O Serviço de Assistência ao Cliente Toyota possui profissionais
treinados, prontos para fornecer orientações e informações sobre
produtos e serviços Toyota. Você também pode dar sugestões e
fazer reclamações através do e-mail: clientes@sac.toyota.com.br,
pelo telefone 0800 703 02 06, ou através da Caixa Postal 054, São
Bernado do Campo-SP, CEP: 09720-971.
O Toyota Plus Service faz parte da filosofia Toyota de sempre buscar
novas maneiras de corresponder às suas exigências. Garantindo
sua tranqüilidade dia e noite, é um programa que oferece serviços
exclusivos de socorro e auxílio para proprietários de veículos Toyota
em caso de eventuais emergências. Ocorrendo pane ou acidente
com o veículo, você pode contar com uma assistência 24 horas,
365 dias por ano, inclusive sábados, domingos e feriados, em todo
território nacional e países integrantes do Mercosul e Chile.
Este serviço é gratuito no 1º ano e renovável por até 2 anos.
Ligações do Brasil – 0800-7030206
Ligações do Exterior* - (5511) – 4331-5199
Página: 7
v
Seção
1 OPERAÇÃO DOS INSTRUMENTOS E CONTROLES
Capítulo Página
1-1 Visão Geral dos Instrumentos e Controles ......................................................... 1-1-1
1-2 Chaves e Portas ................................................................................................... 1-2-1
1-3 Bancos, Cintos de Segurança, Volante e Espelhos ........................................... 1-3-1
1-4 Luzes, Limpadores do Pára-brisa e Desembaçador .......................................... 1-4-1
1-5 Medidores, Instrumentos e Indicadores de Serviço ........................................... 1-5-1
1-6 Chave de Ignição, Transmissão e Freio de Estacionamento ............................. 1-6-1
1-7 Sistema de Áudio ................................................................................................. 1-7-1
1-8 Ar Condicionado ................................................................................................... 1-8-1
1-9 Outros Equipamentos .......................................................................................... 1-9-1
2 INFORMAÇÕES ANTES DE DIRIGIR O SEU TOYOTA ............................................... 2-1
3 PARTIDA E FUNCIONAMENTO .................................................................................... 3-1
4 EM CASO DE EMERGÊNCIA ....................................................................................... 4-1
5 PREVENÇÃO CONTRA CORROSÃO E CUIDADOS COM A APARÊNCIA.............. 5-1
6 REQUISITOS PARA MANUTENÇÃO ........................................................................... 6-1
7 MANUTENÇÕES QUE VOCÊ MESMO PODE FAZER
7-1 Introdução............................................................................................................. 7-1-1
7-2 Motor e Chassi ..................................................................................................... 7-2-1
7-3 Componentes Elétricos ........................................................................................ 7-3-1
8 ESPECIFICAÇÕES ........................................................................................................ 8-1
9 ÍNDICE ALFABÉTICO .................................................................................................... 9-1
Índice
Página: 8
vi
Avisos sobre segurança e danos no veículo
Neste manual, você encontrará advertências quanto à segurança e da-
nos ao veículo. Observe cuidadosamente estas advertências para evi-
tar possíveis ferimentos ou danos.
Os tipos de advertência, como são apresentadas e como são usadas
neste manual estão explicadas abaixo:
ATENÇÃO
Este é um aviso sobre algo que poderá causar riscos às pes-
soas, caso seja ignorado. Você está sendo informado sobre o
que deve ou não fazer para reduzir os riscos para si mesmo e
para outras pessoas.
Símbolo de segurança
Informações importantes sobre este manual
Neste manual, você também verá um círculo
cortado com uma barra. Significa “Não”, “Não
faça isto”, ou “Não deixe isto acontecer”.
NOTA
Este é um aviso sobre algo que pode danificar o veículo ou
seus equipamentos caso seja ignorado. Você está sendo in-
formado sobre o que deve ou não fazer para reduzir os riscos
para o seu veículo e equipamentos.
Página: 9
vii
Z Z E 1 2 1 0 - 0 E M D K 0
O código do modelo aparece na etiqueta de identificação, localizada no compartimento do motor (painel dash).
Veja “Identificação do seu Toyota” na página 2-11, Seção 2, quanto à localização da plaqueta do fabricante.
Código do modelo
Verifique o código do modelo para identificar qual é o seu veículo
Especificação do motor
K: DOHC e EFI
Tipo da carroçaria
E: 4-portas, Corolla
W: 5-portas, Fielder
Tipo de transmissão
M: 5 - marchas, manual
P: 4 - marchas, automático
Código básico
ZZE121:Modelos com motor 3ZZ-FE Corolla
ZZE122:Modelos com motor 1ZZ-FE Corolla/Fielder
Modelo
D: XLi Corolla
N: XEi Corolla/Fielder
E: SE-G Corolla
Página: 11
1-1-1
Seção 1
OPERAÇÃO DOS
INSTRUMENTOS
E CONTROLES
Capítulo 1-1
Visão Geral dos Instrumentos
e Controles
• Visão geral dos instrumentos e controles
• Visão geral dos instrumentos do painel
• Símbolos do painel de instrumentos
Página: 12
1-1-2
Visão geral dos instrumentos e controles —
1. Difusores do pára-brisa
2. Difusores laterais
3. Painel de instrumentos
4. Difusores centrais
5. Luz de leitura
6. Interruptores dos vidros elétricos
7. Porta-luvas
8. Porta copos
9. Console central
10. Cinzeiro traseiro
11. Alavanca do freio de estacionamento
12. Alavanca seletora da transmissão
automática ou alavanca de troca de
marchas
13. Botões do controle do indicador de
informação múltipla
14. Porta objetos
15. Alavanca para abertura do capô
16. Interruptor de travamento dos vidros
17. Interruptor de travamento elétrico das
portas
Página: 13
1-1-3
1. Interruptores dos faróis e sinalizadores
de direção
2. Interruptores dos limpadores do pára-
brisa e do lavador
3. Sistema de áudio
4. Relógio
5. Interruptor do pisca-alerta
6. Interruptor do desembaçador do vidro
traseiro
7. Controles do ar condicionado
8. Porta Objetos
9. Cinzeiro
10. Acendedor de cigarros
11. Botão A/C
12. Chave de ignição
13. Alavanca para travamento da regulagem
da altura do volante
14. Luz indicadora do sistema imobilizador
do motor
15. Interruptor da regulagem elétrica dos
espelhos retrovisores
— modelo XLi
Página: 14
1-1-4
1. Interruptores dos faróis e sinalizadores
de direção, farol e lanterna de neblina
2. Interruptores dos limpadores do pára-
brisa e do lavador
3. Sistema de áudio
4. Relógio
5. Interruptor do pisca-alerta
6. Controles do ar condicionado
7. Porta Objetos
8. Cinzeiro
9. Acendedor de cigarros
10. Interruptor do desembaçador do vidro
traseiro
11. Chave de ignição
12. Alavanca para travamento da regulagem
da altura do volante
13. Interruptor do controle da velocidade de
cruzeiro (modelos com transmissão
automática)
14. Luz indicadora do sistema imobilizador
do motor / Sistema de segurança Toyota
15. Interruptor da regulagem elétrica dos
espelhos retrovisores
— modelo SE-G (Corolla)
Página: 15
1-1-5
Visão geral dos instrumentos do painel —
— Tipo A
1. Tacômetro
2. Indicadores de serviço ou luzes
indicadoras
3. Velocímetro
4. Luzes indicadoras da transmissão
automática
5. Indicador da temperatura do fluido de
arrefecimento
6. Indicador da quantidade de combustível
7. Botão do hodômetro / hodômetro parcial /
controle da iluminação do painel
8. Hodômetro / hodômetro parcial / controle
da iluminação do painel
9. Indicador de informação
Página: 16
1-1-6
— Tipo B
1. Tacômetro
2. Indicadores de serviço ou luzes
indicadoras
3. Velocímetro
4. Luzes indicadoras da transmissão
automática
5. Indicador da temperatura do fluido de
arrefecimento
6. Indicador da quantidade de combustível
7. Botão do hodômetro / hodômetro parcial /
controle da iluminação do painel
8. Hodômetro / hodômetro parcial / controle
da iluminação do painel
r11064-BR1
Página: 17
1-1-7
— Tipo C
1. Indicadores de serviço ou luzes
indicadoras
2. Tacômetro
3. Velocímetro
4. Indicador da quantidade de combustível
5. Botão do hodômetro / hodômetro parcial /
controle da iluminação do painel
6. Hodômetro / hodômetro parcial / controle
da iluminação do painel
7. Luzes indicadoras da transmissão
automática
8. Indicador da temperatura do fluido de
arrefecimento
Página: 18
1-1-8
Símbolos do painel de instrumentos
Os indicadores com * são advertência para providências ou reparos.
Para detalhes, veja “Indicadores de serviço e alarmes de advertência”,
na página 1-5-6 no Capítulo 1-5.
Luz de advertência do sistema de freios*
Luz de advertência da carga da bateria*
Luz de advertência de baixa pressão do óleo*
Luz de advertência de mau funcionamento*
Luz de advertência do nível de combustível*
Luz de advertência das portas abertas*
Luz de advertência do SRS airbag*
Luz indicadora dos faróis ligados
Luzes indicadoras dos sinalizadores de direção
Luz indicadora de farol alto
Luz de advertência do sistema ABS*
(modelo SE-G (Corolla) e Fielder)
Luz indicadora da lanterna de neblina
(a)
(b)
(c)
(d)
(e)
(f)
(g)
(h)
(i)
(j)
(k)
(l)
Luz indicadora de sobremarcha desligada
(transmissão automática)
Luzes indicadoras da transmissão automática
(m)
(n)
Página: 19
1-2-1
Tanto a chave principal como a chave secundá-
ria têm um transmissor eletrônico em suas ca-
beças que é muito importante para o
funcionamento do sistema imobilizador. Portan-
to, tome cuidado para não perder estas chaves.
Se você fizer, por conta própria, uma duplica-
ta da chave, não conseguirá cancelar o siste-
ma ou ligar o motor com ela.
Para proteger objetos guardados no porta-ma-
las, ao deixar o veículo em um estacionamento
deixe a chave secundária com o manobrista.
Como as portas e o porta-malas podem ser
travados sem a utilização da chave, você deve
sempre levar uma chave principal consigo, no
caso de acidentalmente, esquecer suas cha-
ves dentro do veículo.
Para mais informações sobre o uso do controle
remoto, veja “Controle remoto”, página 1-2-6
nesta Seção.
Chaves
Seção 1
OPERAÇÃO DOS
INSTRUMENTOS
E CONTROLES
Capítulo 1-2
Chaves e Portas
• Chaves
• Sistema imobilizador do motor
• Portas laterais
• Controle remoto
• Vidros elétricos
• Tampa do porta-malas
• Capô
• Sistema de segurança Toyota
• Tampa do reservatório do combustível
O seu veículo é fornecido com dois tipos
de chaves
1. Chave principal (preta) – Esta chave opera
em qualquer fechadura. Ela será necessá-
ria para que sua Concessionária Autoriza-
da Toyota possa fazer uma nova contendo
o chip do transmissor eletrônico.
2. Chave secundária (cinza) – Esta chave não
opera o porta-malas.
Corolla Fielder – Esta chave também fun-
ciona em qualquer fechadura.
Página: 20
1-2-2
NOTA
Quando usar uma chave contendo um
chip do transmissor eletrônico, obser-
ve as seguintes precauções:
◆
◆
◆
◆
◆ Quando ligar o motor, não use a
chave com a argola do chaveiro so-
bre ou pressionando a cabeça da
chave. Se você fizer isto pode ser
que o motor não ligue ou pare logo
depois da partida.
◆
◆
◆
◆
◆ Quando ligar o motor, não coloque a
chave em contato com uma outra cha-
ve que possua um chip do transmis-
sor eletrônico (incluindo chaves de
outros veículos) e não pressione
qualquer placa metálica contra a ca-
beça da chave.Se você fizer isto pode
ser que o motor não ligue ou pare
logo depois da partida. Se isto acon-
tecer, remova e reintroduza a chave,
após remover da argola as outras cha-
ves com transmissor eletrônico (in-
clusive as chaves de outros veículos),
ou segure as chaves com a mão du-
rante a partida do motor,para que não
toque na chave do veículo.
◆
◆
◆
◆
◆ Não dobre a cabeça da chave.
◆
◆
◆
◆
◆ Não cubra a cabeça da chave com
nenhum material que bloqueie as
ondas eletromagnéticas.
◆
◆
◆
◆
◆ Não bata a chave em outros objetos.
◆
◆
◆
◆
◆ Não exponha a chave a altas tempe-
raturas por um período longo. Não a
deixe, por exemplo, no painel ou no
capô sob a luz direta do sol.
◆
◆
◆
◆
◆ Não ponha a chave na água nem a ex-
ponha a qualquer campo eletromag-
nético.
◆
◆
◆
◆
◆ Não use a chave com materiais ele-
tromagnéticos.
Página: 21
1-2-3
PLAQUETA COM O NÚMERO DA CHAVE
O número da sua chave está gravado na
plaqueta. Mantenha a plaqueta em um lo-
cal seguro, como a sua carteira, não no
veículo.
Se você perder as suas chaves ou precisar de
chaves adicionais, a Concessionária Autoriza-
da Toyota pode fazer duplicatas usando o nú-
mero da chave.
Recomendamos que anote o número das cha-
ves e o mantenha em lugar seguro.
Sistema imobilizador do motor
O sistema imobilizador do motor é um sis-
tema de prevenção anti-furto. Quando você
insere a chave na ignição, o chip do trans-
missor eletrônico na cabeça da chave
transmite um código eletrônico para o veí-
culo. O motor só ligará quando o código
eletrônico no chip corresponder ao códi-
go de identificação registrado no veículo.
O sistema é automaticamente ajustado quan-
do a chave é retirada da ignição.Aluz indicadora
começará a piscar informando que o sistema
está funcionando.
Se alguma das condições abaixo ocorrer, entre
em contato com sua Concessionária Autoriza-
da Toyota.
• A luz indicadora permanece acesa.
• A luz indicadora não começa a piscar quan-
do a chave é retirada da ignição.
• A luz indicadora pisca irregularmente.
Página: 22
1-2-4
Ao introduzir a chave registrada na ignição, o
sistema será automaticamente cancelado,
possibilitando assim a partida do motor. A luz
indicadora irá apagar.
Para que sua ConcessionáriaAutorizada Toyota
possa fazer uma chave nova com chip do trans-
missor eletrônico embutido, ela precisará do
número da chave e da chave principal do veícu-
lo. No entanto, há um limite no número de cha-
ves adicionais que o Distribuidor Toyota pode
fazer.
Se você fizer, por conta própria, uma dupli-
cata da chave, ela não conseguirá cancelar
o sistema ou ligar o motor.
Portas laterais
TRAVANDO E DESTRAVANDO COM A
CHAVE
Coloque a chave na fechadura.
Para travar: Gire-a no sentido anti-horário.
Para destravar: Gire-a no sentido horário.
Todas as portas laterais travam e destravam
simultaneamente com a porta do motorista.
TRAVANDO E DESTRAVANDO COM O
BOTÃO INTERNO
Movimente o botão de travamento interno.
Para travar: Aperte o botão para frente.
Para destravar: Puxe o botão para trás.
A porta do motorista poderá ser aberta pelo
lado interno, mesmo se o botão de travamento
estiver acionado.
Caso você queira travar as portas ao sair do
veículo, aperte o botão antes de fechar a por-
ta. A maçaneta externa deve ser mantida pu-
xada enquanto você fecha a porta.
Certifique-se de não travar as portas com as
chaves dentro do veículo.
NOTA
Não altere, remova ou desmonte o sistema
do imobilizador do motor.Após alterações
ou modificações não autorizadas, o funci-
onamento apropriado do sistema não po-
derá ser garantido.
Página: 23
1-2-5
O botão da fechadura interna não pode per-
manecer na posição “travar” se você deixar a
porta do motorista aberta e a chave no cilin-
dro da ignição.
As portas travadas serão destravadas se você
tentar travar qualquer porta a partir da porta
do motorista, quando a mesma estiver aberta
e a chave introduzida no cilindro da ignição.
TRAVANDO E DESTRAVANDO COM O
INTERRUPTOR DE TRAVAMENTO DA
PORTA
Pressione o interruptor.
Com vidros elétricos
Para travar: Pressione o interruptor para frente
Para destravar: Pressione o interruptor para trás.
Todas as portas laterais travam ou destravam
simultaneamente. Este sistema é válido para
veículos com portas traseiras também.
TRAVANDO E DESTRAVANDO AS
PORTAS AUTOMATICAMENTE (modelos
com sistema de segurança Toyota)
Todas as portas são automaticamente trava-
das quando o veículo atinge uma velocidade
igual ou superior a 20 km/h.
Girando a chave de ignição de “ON” para “ACC”
ou “LOCK” todas as portas são destravadas
automaticamente.
Esse sistema pode ser cancelado.
Para maiores detalhes, veja “Funções dispo-
níveis no sistema de segurança Toyota” pági-
na 1-2-21, nesta seção.
Página: 24
1-2-6
PROTEÇÃO PARA CRIANÇAS NAS POR-
TAS TRASEIRAS
Posicione o botão de travamento na posição
“TRAVA”, conforme indicado na etiqueta.
Este dispositivo permite você travar uma por-
ta traseira, de forma que só possa ser aberta
pelo lado externo, e não pelo lado interno. Re-
comendamos utilizar este dispositivo sempre
que crianças estejam no veículo.
ATENÇÃO
Antes de dirigir o veículo, certifique-se
de que as portas estão fechadas e tra-
vadas, especialmente quando existirem
crianças no veículo. Junto com a utili-
zação adequada dos cintos de seguran-
ça, o travamento das portas contribui
para que os passageiros e o motorista
não sejam arremessados para fora do
veículo no caso de um acidente.Também
ajuda prevenir que as portas sejam aber-
tas inadvertidamente.
Controle remoto
1. Interruptor “TRAVAR”
2. Luz indicadora
3. Interruptor “DESTRAVAR”
4. Interruptor “TRAVAR”
O sistema do controle remoto foi projeta-
do para travar e destravar todas as portas
laterais ou para ativar o modo “PÂNICO”, a
partir de uma distância de aproximadamen-
te 1 m do veículo.
Quando você pressionar qualquer interruptor,
faça-o lenta e firmemente. Neste momento a
luz indicadora piscará uma vez.
Corolla Fielder
Corolla
Página: 25
1-2-7
— Travando e destravando as portas
Operação de travamento (Corolla)
Operação de destravamento (Corolla)
Operação de travamento (Corolla Fielder)
Operação de destravamento
(Corolla Fielder)
Seu veículo está equipado com um siste-
ma de controle-remoto que trava e destra-
va todas as portas a partir de uma distância
de aproximadamente 1 metro do veículo.
TRAVAMENTO E DESTRAVAMENTO DAS
PORTAS
Para travar e destravar todas as portas,
pressione o interruptor vagarosa e firme-
mente. Neste momento, a luz indicadora do
controle remoto irá piscar uma vez.
O travamento das portas com o controle
remoto aciona o sistema de segurança
Toyota, e o destravamento cancela o siste-
ma. Para informações adicionais, veja“Sis-
tema de segurança Toyota”, página 1-2-18
neste Capítulo.
Para travar: Pressione o interruptor “LOCK”.
Todas as portas serão travadas simultanea-
mente. Neste momento, as luzes dos
sinalizadores de direção irão piscar uma vez
e será ouvido um “bip”.
Certifique-se de que todas as portas estejam
corretamente travadas.
Se uma das portas não estiver totalmente fe-
chada ou, se a chave de ignição estiver no
contato, o travamento não será possível com
o interruptor “LOCK”.
Página: 26
1-2-8
NOTA
Certifique-se de retirar as chaves de
dentro do veículo antes de travá-lo.
Para destravar: Pressione o interruptor
“UNLOCK”. Todas as portas serão destrava-
das simultaneamente. Neste momento, as lu-
zes dos sinalizadores de direção irão piscar
duas vezes e serão ouvidos dois “bips”.
Quando todas as portas forem destravadas
simultaneamente com o controle remoto, a luz
interior irá acender durante 30 segundos e a
seguir apagar, mesmo que a porta não seja
aberta. Para informações adicionais, veja “Luz
interior”, na página 1-4-4, Capítulo 1-4).
Você terá 30 segundos para abrir uma porta
após acionar o controle remoto. Se a porta não
for aberta neste período, todas as portas se-
rão automaticamente travadas outra vez. Se o
interruptor “LOCK” ou “UNLOCK” for mantido
pressionado, as operações de travamento e
de destravamento não serão repetidas. Solte
o interruptor e pressione-o novamente.
ATIVAÇÃO E DESATIVAÇÃO DO BIP
O “bip” poderá ser desativado para travar ou
destravar as portas.
Para desativar: Pressione juntos os interrup-
tores “LOCK” e “PANIC” uma vez. Para ati-
var: Pressione juntos os interruptores
“UNLOCK” e “PANIC” duas vezes no período
de 3 segundos.
FUNÇÃO DE PROCURA
O veículo poderá ser encontrado facilmente
na escuridão à noite ou no estacionamento,
através de indicação sonora e visual.
Com as portas travadas, pressione uma vez o
interruptor “LOCK” do controle remoto. Isto fará
piscar as luzes indicadoras durante 15 segun-
dos e um “bip” longo será ouvido. Entretanto
se o “bip” estiver desabilitado, o alarme não
será ouvido.
Corolla Fielder
Corolla
Página: 27
1-2-9
Você pode utilizar até 4 controles-remoto
para o mesmo veículo. Consulte sua Conces-
sionária Autorizada Toyota quanto a informa-
ções mais detalhadas.
Caso transmissor de controle-remoto não es-
teja acionando as portas, ou caso não este-
ja funcionando a partir de uma distância
normal, ou caso a luz indicadora existente
no transmissor esteja pouco visível ou ainda
se a mesma não acender:
• Verifique quanto à proximidade de algum
transmissor de rádio, como por exemplo
estações de rádio ou um aeroporto, que
poderão interferir no funcionamento nor-
mal do transmissor.
• A bateria pode estar descarregada. Inspeci-
one a bateria existente no transmissor e efe-
tue a substituição, seguindo as instruções
fornecidas em “Substituição da Bateria”.
Se você perder o controle remoto, contate uma
Concessionária Autorizada Toyota assim que
possível para evitar a possibilidade de roubo ou
acidente. (Veja, “Se você perder o controle re-
moto”, página 4-20, Seção 4).
INTERRUPTOR “PANIC”
Pressionar o interruptor “PANIC” durante
1,5 segundos ou mais fará soar o alarme
intermitentemente e piscar as luzes dos
sinalizadores de direção.
O interruptor “PANIC” é usado para impedir que
o veículo seja roubado quando você notar al-
guém tentando arrombar ou danificar o veículo.
O alarme irá soar durante 30 segundos. Para
interromper a ativação do alarme, pressione
uma vez o interruptor “UNLOCK” ou pressio-
ne novamente o interruptor “PANIC”.
O modo “PANIC” não funciona quando a cha-
ve de ignição está posicionada em “ON”.
TRANSMISSOR DE CONTROLE-REMOTO
O transmissor de controle-remoto é um com-
ponente eletrônico. Observe as instruções a
seguir, a fim de evitar danos ao transmissor.
• Não deixe o transmissor em locais onde haja
a possibilidade de aumento de temperatura,
como por exemplo o painel dianteiro.
• Não desmonte-o.
• Evite batê-lo em outros objetos ou deixá-
lo cair.
• Evite deixá-lo cair na água.
ATENÇÃO
Esteja sempre atento para evitar que cri-
anças pequenas não ponham na boca,
baterias ou componentes removidos.
NOTA
◆
◆
◆
◆
◆ Ao substituir as baterias do contro-
le remoto, esteja atento para não per-
der os componentes.
◆
◆
◆
◆
◆ Substitua a bateria somente usan-
do o mesmo tipo recomendado ou
similar.
SUBSTITUIÇÃO DAS BATERIAS DO CON-
TROLE REMOTO
Para substituir, use duas baterias CR2016 de
lítio ou equivalente.
Para o descarte das baterias, veja
“Reciclagem obrigatória da bateria”, pági-
na 7-3-4, Capítulo 7-3.
Substitua as baterias do controle remoto con-
forme os procedimentos a seguir:
Página: 28
1-2-10
1. Usando chave de fenda, abra a carcaça
do controle remoto.
2. Remova as baterias descarregadas.
NOTA
Não dobre os terminais.
3. Instale as baterias novas, mantendo vol-
tado para cima o lado positivo (+).
Feche seguramente a carcaça do controle re-
moto.
NOTA
◆
◆
◆
◆
◆ Verifique se os lados positivo e ne-
gativo da bateria estão voltados para
os lados corretos.
◆
◆
◆
◆
◆ Não substitua as baterias com as
mãos úmidas. A umidade poderá
causar ferrugem.
◆
◆
◆
◆
◆ Não toque ou desloque os compo-
nentes internos do controle remoto,
uma vez que isto poderá interferir no
funcionamento correto.
Página: 29
1-2-11
Operação automática: Aperte o interruptor to-
talmente para baixo ou puxe-o totalmente para
cima e solte-o. O vidro se abrirá ou fechará
completamente. Para pará-lo durante seu cur-
so, acione levemente o interruptor para o lado
oposto e solte-o.
Função de proteção anti-esmagamento: Du-
rante a operação automática de fechamento, o
vidro pára e abre-se parcialmente caso algo es-
teja preso entre o vidro e a estrutura da porta.
Caso ocorra um impacto no vidro, esta função
deve operar sem nenhuma obstrução.
Vidros elétricos
◆
◆
◆
◆
◆ Não dobre o eletrodo da bateria do
controle remoto, nem permita o con-
tato de sujeira ou graxa na carcaça
do controle remoto.
◆
◆
◆
◆
◆ Feche seguramente a carcaça do
controle remoto.
Após substituir as baterias, verifique se o con-
trole remoto funciona corretamente, caso con-
trário, procure uma Concessionária Autorizada
Toyota.
Os vidros elétricos podem ser operados
com os interruptores localizados nas late-
rais das portas.
Achave da ignição deve estar na posição “ON”.
OPERANDO O VIDRO DO MOTORISTA
Utilize o interruptor localizado na porta do
motorista.
Operação normal: O vidro se movimenta en-
quanto você aciona o interruptor.
Para abrir: Aperte levemente o interruptor.
Para fechar: Puxe levemente o interruptor.
Página: 30
1-2-12
Se a bateria for desconectada ou descar-
regar, o vidro elétrico poderá não funcionar
automaticamente e o dispositivo de proteção
contra esmagamento não irá funcionar corre-
tamente após a reconexão, substituição ou
carga da bateria. Em qualquer destas circuns-
tâncias, normalize o vidro elétrico:
Para normalizar o vidro elétrico:
1. Pressione o interruptor do vidro elétrico e
abaixe o vidro meio curso.
2. Puxe o interruptor para cima até que o vi-
dro feche e segure o interruptor durante
um segundo.
ATENÇÃO
• Nunca tente travar o vidro com algu-
ma parte do seu corpo para forçar o
funcionamento intencional do sistema
de proteção anti-esmagamento.
• A função de proteção anti-esmagamen-
to não deve operar quando algo esti-
ver preso após o fechamento total do
vidro.
Verifique se o vidro abre e fecha automatica-
mente. Se o vidro elétrico não funcionar cor-
retamente, contacte uma Concessionária
Autorizada Toyota para verificação.
OPERANDO OS VIDROS DOS
PASSAGEIROS
Utilize o interruptor localizado em cada por-
ta dos passageiros ou os interruptores na
porta do motorista que controlam os vidros
dos passageiros.
Os vidros se movimentam enquanto você acio-
na os interruptores.
Para abrir: Pressione o interruptor.
Para fechar: Puxe o interruptor.
Caso você pressione o botão de travamento
dos vidros dos passageiros na porta do moto-
rista, os vidros dos passageiros não poderão
ser acionados.
Botão de travamento
dos vidros dos
passageiros
Página: 31
1-2-13
ATENÇÃO
Para evitar danos físicos, observe o se-
guinte:
• Sempre certifique-se que a cabeça,
mãos e outras partes do corpo dos
ocupantes estão totalmente dentro do
veículo antes de fechar os vidros. Caso
o pescoço, cabeça ou mãos fiquem
presos durante o fechamento dos vi-
dros, poderão ocorrer ferimentos séri-
os. Quando alguém fechar os vidros,
certifique-se de que a pessoa esteja
operando adequadamente.
• Quando crianças estiverem no veícu-
lo, nunca deixe-os operar os interrup-
tores dos vidros elétricos sem o seu
acompanhamento. Utilize o botão de
travamento dos vidros dos passagei-
ros para evitar que utilizem inadequa-
damente os interruptores.
• Certifique-se de remover a chave de ig-
nição ao sair do veículo.
• Nunca deixe crianças pequenas sozi-
nhas no veículo, especialmente com a
chave na ignição. Eles poderão acionar
os interruptores e prenderem-se nos vi-
dros. Crianças sozinhas no veículo po-
dem se envolver em sérios acidentes.
Corolla Fielder
Corolla
Página: 32
1-2-14
ATENÇÃO
Mantenha a tampa do porta-malas
fechada enquanto dirige. Isto previne
que a bagagem caia do veículo, como
também evita a entrada de gases do
escapamento.
Para abrir a tampa do porta-malas pelo lado
de fora, coloque a chave principal na fecha-
dura e gire-a no sentido horário.
Veja “Precauções ao acomodar as bagagens”
na página 2-9, Seção 2 quanto às precauções
a serem observadas ao acomodar a bagagem.
Para fechar a tampa do porta-malas, abaixe-a
e pressione-a para baixo. Após fechá-la, tente
levantá-la para certificar-se de que esteja fe-
chada seguramente.
Tampa do porta-malas — — Alavanca de abertura
Para abrir a tampa do porta-malas de den-
tro do veículo, puxe a alavanca de abertura
sob o banco do motorista.
Página: 33
1-2-15
— Cancelamento do sistema
de abertura
Após fechar a tampa do porta-malas, colo-
que a chave principal na fechadura e gire-a
no sentido anti-horário, para desativar o
sistema de abertura pela alavanca.
Após fechar a tampa do porta-malas, tente
levantá-la, para certificar-se de que está fe-
chada seguramente.
TRAVANDO E DESTRAVANDO COM A
CHAVE
Introduza a chave no cilindro.
Para travar: Gire-a no sentido horário .
Para destravar: Gire-a no sentido anti-horário.
Para abrir a porta traseira, puxe a alavanca.
Acionar o interruptor de travamento elétrico ou
o controle remoto simultaneamente fará tra-
var ou destravar a porta traseira (veja “Portas
laterais”, página 1-2-4, “Travamento e
destravamento das portas”, página 1-2-7 nes-
te Capítulo.
— Porta traseira
As portas travadas irão destravar se você ten-
tar travar qualquer porta a partir da porta do
motorista quando a mesma estiver aberta e a
chave estiver introduzida no cilindro da ignição.
Ao fechar a porta traseira, certifique-se de que
a mesma esteja totalmente fechada.
Veja “Precauções ao acomodar as bagagens”,
página 2-9, Seção 2 quanto a precauções para
disposição da bagagem.
Página: 34
1-2-16
Capô
Para abrir o capô:
1. Puxe a alavanca de abertura do capô. O
capô se levantará levemente.
ATENÇÃO
Antes de dirigir o veículo, certifique-se
que o capô está fechado seguramente.
Caso contrário, ele poderá se abrir ines-
peradamente e ocasionar um acidente.
ATENÇÃO
Mantenha a porta traseira fechada en-
quanto dirige. Isto previne que a baga-
gem caia do veículo, como também
evita a entrada de gases do escapa-
mento.
A maçaneta interna poderá ser usada para
facilitar o fechamento da porta traseira.
Para fechar a porta traseira, abaixe-a e pres-
sione-a para baixo. Após fechá-la, tente
levantá-la para certificar-se de que esteja fe-
chada seguramente.
NOTA
Para impedir danos aos amortecedores
da porta traseira, não force, não aplique
tinta ou permita o contato de objetos es-
tranhos.
Página: 35
1-2-17
2. Em frente ao veículo, levante a alavan-
ca auxiliar e abra o capô.
3. Mantenha o capô aberto, inserindo a
haste no alojamento.
Para introduzir a haste de suporte na abertura,
mova-a para cima. Se mover para o lado ou
para dentro do veículo a haste poderá soltar.
Antes de fechar o capô, verifique se você não
esqueceu nenhuma ferramenta, pano, etc. e
posicione a haste no suporte. Isto evita ruí-
dos. A seguir, abaixe o capô e certifique-se de
que está devidamente travado. Caso neces-
sário, aperte-o suavemente pela borda dian-
teira para travá-lo.
ATENÇÃO
Após colocar a haste no alojamento, cer-
tifique-se que a haste apoia o capô se-
guramente, evitando que caia em sua
cabeça ou corpo.
NOTA
Encaixe a haste na presilha antes de fe-
char o capô do motor. O fechamento com
a haste levantada poderá causar
empenamento do capô do motor.
Página: 36
1-2-18
Sistema de segurança Toyota
O Sistema de segurançaToyota foi projeta-
do para impedir o roubo do veículo. Este
sistema dispara um alarme ao detectar as
condições abaixo:
• Qualquer porta, porta-malas ou capô do
motor aberto.
• Chave de ignição posicionada em “ON”.
• Desconexão ou reconexão da bateria ou
do conjunto de controle do sistema de se-
gurança Toyota.
• Vibração ou impacto anormal.
O sistema fará piscar as luzes dos
sinalizadores de direção e soar o alarme se
houver tentativa de danos ou arrombamento
do veículo.
O controle remoto é usado para habilitar e
cancelar o sistema e para interromper a ati-
vação do alarme. As instruções sobre o con-
trole remoto estão descritas na página 1-2-7
deste Capítulo.
Quando o sistema de segurança Toyota esti-
ver habilitado, destravar e abrir uma porta ou
o porta-malas sem o controle remoto fará soar
o alarme.
HABILITANDO O SISTEMA
Para habilitar o sistema de segurança Toyota,
pressione uma vez o interruptor “LOCK” do
controle remoto. Neste momento, as luzes dos
sinalizadores de direção irão piscar uma vez
e um “bip” será ouvido. Todas as portas serão
travadas.
Página: 37
1-2-19
Função de habilitação automática
Esta função pode ser selecionada e sua con-
dição inicial é desligada. Para usar esta fun-
ção você precisa alterar o modo de função. Veja,
“Funções disponíveis no sistema de seguran-
ça Toyota”, página 1-2-21, neste Capítulo.
Se não houver qualquer ação do controle re-
moto no período de 30 segundos após a re-
moção da chave, e fechamento das portas,
capô do motor e porta-malas, o sistema será
habilitado automaticamente sem o travamento
de portas.
Após a habilitação do sistema, o alarme irá soar
quando qualquer porta for aberta. O ajuste au-
tomático permite que você defina o período de
retardo de disparo do alarme após uma porta
ser aberta. Veja, “Funções disponíveis no sis-
tema de segurança Toyota”, página 1-2-21,
neste Capítulo.
CANCELAMENTO DO SISTEMA
Pressione o interruptor “UNLOCK” do contro-
le remoto. Todas as portas são destravadas e
o sistema é cancelado.
O sistema indicará a condição do veículo, con-
forme segue:
• O sistema não foi ativado – As luzes dos
sinalizadores de direção piscam duas ve-
zes e dois “bips” soam.
O sistema é habilitado após 3 segundos.
O sistema não será habilitado nas condições
abaixo:
• Quando uma porta estiver aberta
O “bip” soa durante 1 segundo. Feche a
porta e habilite o sistema novamente.
• Quando o porta-malas ou o capô do mo-
tor estiver aberto.
A luz indicadora do sistema permanece
acesa. Feche o porta-malas ou o capô do
motor totalmente.
Nesta condição o sistema do alarme não
será habilitado, entretando as portas se-
rão travadas.
• O sistema foi ativado –As luzes indicadoras
de direção piscam três vezes e três “bips”
soam. Posicione a chave de ignição em
“ON”, a luz indicadora irá apagar.
O sistema é ativado quando uma das con-
dições abaixo ocorrer.
• Qualquer porta, porta-malas ou capô do
motor aberto.
• Chave de ignição posicionada em “ON”.
• Desconexão ou reconexão da bateria ou
do conjunto de controle do sistema de se-
gurança Toyota.
• Vibração ou impacto anormal.
Verifique se há alguma anormalidade no veí-
culo.
Se você desabilitar o “bip”, as luzes dos
sinalizadores de direção indicarão a condição,
mas o alarme não irá soar. (Veja, “HABILITAN-
DO E CANCELANDO OALARME SONORO”.)
Quando o sistema estiver cancelado, a luz in-
terior irá acender durante aproximadamente
30 segundos e a seguir apagar, mesmo que a
porta não seja aberta. (Para informações adi-
cionais, veja “Luz interior”, página 1-4-4, Ca-
pítulo 1-4).
Esta função pode ser alterada. Para detalhes,
veja – “Funções disponíveis no sistema de se-
gurança Toyota”, página 1-2-21, neste Capí-
tulo.
Página: 38
1-2-20
Para ativar: Pressione os interruptores
“UNLOCK” e “PANIC” juntos duas vezes no
período de 3 segundos.
ATIVAÇÃO DO SISTEMA DE SEGURANÇA
TOYOTA
Ao detectar uma das anormalidades abaixo, o sis-
tema fará piscar as luzes dos sinalizadores de dire-
ção e soar o alarme durante 30 segundos.
• Qualquer porta, porta-malas ou capô do
motor aberto.
• Chave de ignição posicionada em “ON”.
• Desconexão e reconexão da bateria ou do
conjunto de controle do sistema de segu-
rança Toyota.
• Impacto ou vibração anormal no veículo.
Função de sensoreamento duplo
Esta função é ativada por duplo
sensoreamento, conforme segue:
• Quando o sistema estiver acionado, um
“bip” irá soar como advertência se o veícu-
lo detectar impacto leve.
Se o veículo detectar impacto leve três ve-
zes no período de 15 segundos, o alarme
irá soar e as luzes dos sinalizadores de di-
reção irão piscar durante 30 segundos.
A chave poderá ser usada para cancelar o sis-
tema, se as baterias do controle remoto esti-
verem descarregadas . Para cancelar o
sistema e interromper o alarme, gire a chave
de ignição nas posições “ON” e “OFF”dez ve-
zes no período de 15 segundos após destra-
var as portas.
Se alguma porta lateral não for aberta no pe-
ríodo de 30 segundos, todas as portas serão
travadas automaticamente e o sistema será
habilitado.
CANCELAMENTO DO SISTEMA PELA CHAVE
Se você perder o controle remoto, o sistema
poderá ser cancelado pela chave.
Ao abrir o veículo utilizando a chave, o alarme
soará. O sistema poderá ser cancelado giran-
do a chave de ignição de “ON” para “OFF” dez
vezes em um intervalo de no máximo 15 se-
gundos. O alarme será interrompido e o siste-
ma cancelado. Para habilitar novamente o
sistema, pressione o botão “LOCK” do contro-
le remoto.
HABILITANDO E CANCELANDO O ALAR-
ME SONORO
O “bip” pode ser desativado quando o sistema
for habilitado ou cancelado.
Para desativar: Pressione os interruptores
“LOCK” e “PANIC” juntos uma vez.
• Quando o sistema estiver acionado, o alar-
me irá soar e as luzes dos sinalizadores
de direção irão piscar durante 30 segun-
dos, se o veículo detectar impacto severo.
A sensitividade do sistema poderá ser ajus-
tada. Consulte uma Concessionária Autori-
zada Toyota.
Reativando o alarme
Após o desligamento, o sistema fará soar o alar-
me se houver as condições abaixo continua-
mente:
• Qualquer porta, capô do motor ou porta-
malas aberto.
• Chave de ignição posicionada em “ON”.
O alarme irá soar e as luzes dos sinalizadores
de direção irão piscar durante 30 segundos e
a seguir parar durante 15 segundos. Este ci-
clo continuará três vezes. Este ciclo poderá
ser alterado. Para detalhes, veja “Funções dis-
poníveis no sistema de segurança Toyota”, pá-
gina 1-2-21, neste Capítulo.
Zerando o sistema
Se o sistema não estiver em qualquer das con-
dições acima, o alarme irá parar automatica-
mente e será habilitado novamente após 5
segundos.
Página: 39
1-2-21
Interrompendo o alarme
Pressionando o interruptor “LOCK”: Interrom-
pe o alarme mas o sistema continua habilitado.
Pressionando o interruptor “UNLOCK”: Inter-
rompe o alarme e o sistema é cancelado.
TESTANDO O SISTEMA DE SEGURANÇA
TOYOTA
1. Habilite o sistema.
2. Com a chave, destrave a porta do motorista.
3. Abra a porta, o alarme irá soar.
4. Pressionando o interruptor “UNLOCK”, in-
terrompa o alarme.
5. Repita esta operação para as demais por-
tas e porta-malas.
Se o sistema não funcionar corretamente, pro-
videncie a inspeção no Distribuidor Toyota.
— Funções disponíveis no sistema de segurança Toyota
Para ativar ou desativar uma função descrita abaixo, entre em contato com um Distribuidor
Toyota.
NOTA
O fechamento automático dos vidros
não está disponível para o seu veículo.
A instalação desse tipo de sistema em
veículos não equipados com a função
anti-esmagamento é proibida, conforme
resolução do CONTRAN 762/92.
Função Condição inicial
Travamento e destravamento automático de portas Ligado
Habilitação automática Desligado
Sistema de iluminação de acesso Ligado
Ativação do alarme durante 3 ciclos Ligado
Ativação do alarme durante 6 ciclos Desligado
Ativação do alarme durante 9 ciclos Desligado
Período de retardo de acesso 15 segundos (com habilitação automática) Desligado
Período de retardo de acesso 30 segundos (com habilitação automática) Desligado
Fechamento automático dos vidros elétricos Não Disponível
Alarme indicador de falha (porta-malas ou capô aberto) Desligado
Página: 40
1-2-22
1. Para abrir a porta do bocal de alimenta-
ção, puxe a alavanca.
Quando estiver abastecendo, desligue
o veículo.
ATENÇÃO
• Não fume, ou provoque faíscas ao
abastecer seu veículo. Os vapores são
inflamáveis.
• Ao abrir a tampa, não remova-a rapi-
damente. Em climas quentes, o com-
bustível sob pressão poderá causar
danos, sendo pulverizado para fora do
bocal de alimentação caso a tampa seja
removida rapidamente.
Tampa do reservatório do
combustível
Tipo A
Tipo B
O símbolo indica a porta do bocal de abas-
tecimento de combustível no lado esquer-
do do seu veículo.
Tipo C
Página: 41
1-2-23
2. Para remover a tampa de abastecimen-
to, gire-a suavemente no sentido anti-
horário, e faça uma pausa antes de
removê-la. Após remover a tampa,
apoie-a no suporte.
Não é incomum ouvir-se um leve ruído quando
a tampa é aberta. Ao fechá-la, gire-a no sentido
horário até ouvir um “click”.
A luz indicadora irá apagar após algum tempo
de condução. Se a luz não apagar, contacte sua
ConcessionáriaAutorizada Toyota imediatamen-
te.
ATENÇÃO
• Certifique-se que a tampa esteja aper-
tada seguramente para evitar vazamen-
tos em caso de acidentes.
• Utilize apenas uma tampa original
Toyota em caso de reposição. Ela pos-
sui uma válvula interna para reduzir o
vácuo do tanque de combustível.
Página: 43
1-3-1
Seção 1
OPERAÇÃO DOS
INSTRUMENTOS E
CONTROLES
Capítulo 1-3
Bancos, Cintos de Segurança,
Volante e Espelhos
• Bancos
• Bancos dianteiros
• Banco traseiro
• Apoios de cabeça
• Descanso de braço
• Cintos de segurança
• SRS airbags
• Segurança para crianças
• Volante com altura regulável
• Espelhos retrovisores externos
• Espelho retrovisor interno
anti-ofuscante
• Espelho retrovisor interno
anti-ofuscante automático
• Espelho do pára-sol
Ajuste o banco do motorista de forma que os
pedais, volante e controles do painel de ins-
trumentos estejam facilmente ao seu alcance.
Enquanto o veículo estiver em movimento, to-
dos os ocupantes devem manter os encostos
dos bancos elevados, sentar-se corretamen-
te, utilizando adequadamente os cintos de
segurança.
Bancos
ATENÇÃO
• Dirija o veículo somente quando os
ocupantes estiverem devidamente sen-
tados. Não permita que passageiro al-
gum sente-se em um encosto de banco
dobrado, ou no porta-malas ou com-
partimento de bagagem. Ocupantes
não sentados corretamente e/ou pro-
tegidos com o cinto de segurança po-
derão ser feridos gravemente em caso
de frenagem brusca ou colisão.
• Durante a condução, não permita que
os passageiros fiquem de pé ou tro-
quem de assentos. Ferimentos graves
poderão ocorrer, no caso de uma frena-
gem de emergência ou uma colisão.
Bancos dianteiros —
— Precauções para o ajuste
ATENÇÃO
• Os ajustes não devem ser feitos enquan-
to o veículo estiver em movimento, pois
o banco poderá mover-se ines-
peradamente e fazer com que o motoris-
ta perca o controle do veículo.
• Ao ajustar o banco, certifique-se de não ba-
ter em um passageiro ou bagagem.
• Após ajustar a posição do banco, tente
deslocá-lo para frente e para trás, para
certificar-se que está travado na posição.
• Após ajustar o encosto, exerça pressão
com o corpo para certificar-se que está
travado na posição.
• Não coloque objetos sob os bancos pois
poderão interferir com o mecanismo de
trava dos mesmos, ou acionar inespera-
damente a alavanca de ajustes; o banco
poderá se movimentar repentinamente,
causando a perda de controle do veículo.
• Quando ajustar o banco, não coloque
suas mãos ou dedos sob o assento ou
próximas às partes móveis. Você poderá
feri-las.
Página: 44
1-3-2
— Ajustando os bancos dianteiros
1. ALAVANCA DE AJUSTE DO BANCO
Puxe a alavanca para cima. Deslize o ban-
co para a posição desejada com uma pres-
são leve do corpo e solte a alavanca.
2. BOTÃO DE AJUSTE DA ALTURA DO
ASSENTO (somente no lado do moto-
rista)
Movimente o botão para qualquer lado.
3. ALAVANCA DE AJUSTE DO ÂNGULO
DO ENCOSTO
Desencoste do banco e puxe a alavanca
para cima. Coloque o encosto na posição
desejada e solte a alavanca.
ATENÇÃO
Para reduzir o risco de escorregamento
sob os cintos de segurança, no caso de
uma colisão, evite reclinar os encostos
dos bancos mais do que o necessário.
Os cintos de segurança proporcionam
máxima proteção no caso de colisões
frontais ou traseiras quando o motoris-
ta e o passageiro estão sentados com
as costas em posição vertical e bem
apoiados nos encostos. Caso estejam
reclinados, o cinto poderá escorregar
por sua cintura e aplicar forças direta-
mente no abdome. Desta forma, no caso
de uma colisão frontal, o risco de danos
físicos aumentam à medida que os en-
costos estão mais reclinados.
Página: 45
1-3-3
Banco traseiro —
— Rebatendo o banco traseiro
(A) REBATENDO O BANCO TRASEIRO
Destrave o encosto do banco, puxando o bo-
tão no alto do encosto e abaixe o encosto.
Isto aumentará espaço do porta-malas até o
encosto dos bancos dianteiros. Veja “Precau-
ções ao acomodar as bagagens”, página 2-9,
Seção 2.
Se desejado cada encosto poderá ser rebati-
do separadamente.
Se não for possível puxar o cinto de segu-
rança central após retornar o encosto à po-
sição vertical, puxe firmemente o cinto para
frente e solte-o. Isto permitirá puxar o cinto
para fora do retrator lentamente.
NOTA
Verifique se a bagagem disposta no por-
ta-malas aumentado não irá danificar o
cinto de segurança central quando o en-
costo no lado esquerdo estiver rebatido.
ATENÇÃO
Ao retornar o encosto do banco à posi-
ção vertical, observe as precauções
abaixo para evitar ferimentos em caso
de colisão ou frenagem brusca.
• Verifique se o encosto está devidamen-
te travado: empurre a extremidade su-
perior do encosto para frente e para
trás e verifique se a identificação ver-
melha do botão no alto do encosto não
está visível. A negligência quanto a
esta observação impedirá que o cinto
funcione corretamente.
• Verifique se os cintos de segurança
não estão torcidos ou presos no en-
costo do banco e se estão devidamen-
te dispostos na posição correta e
prontos para serem usados.
• Deve-se evitar uso de chaves e obje-
tos que possam rasgar o tecido do
banco.
Página: 46
1-3-4
(B) EVITANDO DANOS AO CINTO DE SEGU-
RANÇA CENTRAL DO BANCO TRASEIRO
Se notar que a bagagem disposta no porta-
malas aumentado irá danificar o cinto de se-
gurança central do banco traseiro, solte o
cinto.
Introduza a chave no furo do alojamento e
solte a lingueta 1, deixando o cinto retrair.
Após retomar a posição vertical do encos-
to do banco, conecte corretamente o cinto
central do banco traseiro deixando-o pron-
to para ser usado.
Introduza a lingueta 1 no alojamento (cinza cla-
ro). Você ouvirá um “click” quando a lingueta
travar no alojamento.
ATENÇÃO
• Esteja atento quanto à correspondên-
cia da lingueta e do alojamento. Não
introduza a lingueta 1 em outro aloja-
mento. (Veja “Cintos de segurança”,
página 1-3-10 desta seção quanto à
correspondência correta entre os alo-
jamentos e as linguetas).
• Após introduzir a lingueta, verifique se
a lingueta e o alojamento estão trava-
dos.
• Não use moedas, clips, etc no aloja-
mento, uma vez que irão prejudicar o
encaixe correto entre a lingueta e o alo-
jamento.
• Verifique se o cinto não está torcido
ou preso no encosto do banco e se
está disposto em posição correta
pronto para ser usado.
• Se o cinto de segurança não funcio-
nar normalmente, procure uma Con-
cessionária Autorizada Toyota
imediatamente.
ATENÇÃO
Desconecte o cinto de segurança cen-
tral traseiro somente no caso descrito
acima.
Página: 47
1-3-5
Bancos traseiros —
— Precauções quanto ao banco
traseiro
ATENÇÃO
• Não faça quaisquer ajustes com o veí-
culo em movimento.
• Ao ajustar o banco, esteja atento para
que o banco não bata em algum ocu-
pante ou bagagem.
• Após ajustar o encosto do banco, em-
purre o corpo para trás para verificar
se o banco está travado na posição.
• Ao retornar os bancos à posição ori-
ginal, observe as precauções abaixo
para impedir ferimentos em caso de
colisão ou frenagem súbita:
Verifique se o banco está devidamen-
te travado, puxando a extremidade su-
perior do encosto para frente e para
trás ou tentando puxar a borda inferi-
or do assento. A negligência irá impe-
dir o funcionamento correto do cinto
de segurança. Reinstale o apoio de ca-
beça.
Verifique se os cintos de segurança
não estão torcidos ou presos sob o
banco e dispostos corretamente e
pronto para serem usados.
• Ao acionar o banco, esteja atento para
não prender as mãos ou pés no banco.
Dobrar os bancos traseiros irá aumentar a área
do compartimento de bagagem. Veja “Precau-
ções ao acomodar as bagagens”, página 2-9,
Seção 2 quanto a precauções para acomoda-
ção das bagagens.
— Ajustando o banco traseiro
Página: 48
1-3-6
ANTES DE REBATER O BANCO TRASEIRO
Introduza a lingüeta na fivela do cinto tra-
seiro da posição central e disponha as fi-
velas dos cintos das posições externas
conforme detalhado na ilustração.
Isto impedirá queda do cinto e das fivelas quan-
do o encosto do banco for dobrado.
ALAVANCA DE AJUSTE DO ÂNGULO DO
ENCOSTO DO BANCO
Incline para frente e puxe a alavanca para
cima. A seguir retorne à posição desejada
e solte a alavanca.
ATENÇÃO
• Não faça quaisquer ajustes quando o
veículo estiver em movimento.
• Para reduzir o risco de escorregar sob
o cinto de cintura em caso de colisão,
evite reclinar o encosto mais do que o
necessário. Os cintos de segurança
oferecem proteção máxima em caso de
colisão frontal ou traseira, quando os
passageiros estiverem sentados em
posição reta e o máximo possível para
trás nos bancos. Se você estiver recli-
nado, o cinto de cintura poderá deslo-
car para o quadril e forçar diretamente
o abdome. No caso de colisão frontal,
quando mais reclinado estiver o cin-
to, maior será o risco de ferimentos.
• Após ajustar o encosto do banco, em-
purre o corpo para trás para verificar
se o mesmo está travado na posição.
— Rebatendo o banco traseiro
NOTA
As fivelas deverão ser guardadas antes
que o encosto do banco seja dobrado.
Página: 49
1-3-7
Ao retornar o assento à posição original,
prenda o cinto de segurança da posição
central para cima, para que não seja preso
no assento do banco.
2. Remova os apoios de cabeça e acon-
dicione-os conforme detalhado na
ilustração.
REBATENDO O BANCO TRASEIRO
1. Mova a borda do assento para cima, pu-
xando as duas tirar para cima e para a
frente.
Página: 50
1-3-8
ATENÇÃO
Ao retornar os bancos à posição origi-
nal, observe as precauções abaixo para
impedir ferimentos em caso de colisão
ou frenagem súbita:
• Verifique se o assento está devidamen-
te travado, puxando a borda traseira
para cima. A negligência irá impedir o
funcionamento correto do cinto de se-
gurança.
• Verifique se os cintos de segurança não
estão torcidos ou presos sob o banco
e dispostos corretamente e pronto para
serem usados.
3. Destrave o encosto do banco, puxando
as alavancas laterais e dobre os encos-
tos dos bancos para baixo.
Dobrar os bancos traseiros irá aumentar a área
do compartimento de bagagem. Veja “Precau-
ções ao acomodar as bagagens”, página 2-9,
Seção 2 quanto a precauções para acomoda-
ção das bagagens.
Se desejado, cada encosto poderá ser dobra-
do individualmente.
ATENÇÃO
• Não permita que passageiro algum
sente-se em um encosto de banco do-
brado, ou no porta-malas ou compar-
timento de bagagem. Use o banco na
posição normal.
• Ao retornar o encosto do banco à po-
sição reta, observe as instruções abai-
xo para evitar ferimentos em caso de
colisão ou frenagem brusca:
Verifique se o banco está devidamente
travado, puxando a extremidade supe-
rior do encosto para frente e para trás
ou tentando puxar a borda inferior do
assento. A negligência irá impedir o
funcionamento correto do cinto de se-
gurança. Reinstale o apoio de cabeça.
Verifique se os cintos de segurança não
estão torcidos ou presos sob o banco
e dispostos corretamente e pronto para
serem usados.
Página: 51
1-3-9
Apoios de cabeça
Dianteiros (Corolla)
Traseiros (Corolla)
Dianteiros (Corolla Fielder)
Traseiros (Corolla Fielder)
Para sua segurança e conforto, ajuste o
apoio de cabeça antes de dirigir.
Para levantá-lo: Puxe-o para cima.
Para abaixá-lo: Empurre-o para baixo enquan-
to pressiona o botão de liberação da trava.
Apoio de cabeça traseiro central – Quando um
ocupante estiver sentado no banco traseiro
central mantenha elevado e travado o apoio
de cabeça central.
O apoio de cabeça é mais eficiente quando
está próximo da sua cabeça. Desta forma, o
uso de almofadas no encosto do banco não é
recomendado.
ATENÇÃO
• Ajuste a extremidade superior do en-
costo de cabeça de forma que fique o
mais próxima possível da região su-
perior das suas orelhas.
• Após ajustar o apoio de cabeça, certi-
fique-se de que esteja travado na po-
sição.
• Não dirija sem o apoio de cabeça.
Página: 52
1-3-10
Não permita que a criança fique de pé ou de
joelhos nos bancos dianteiro ou traseiro. Uma
criança solta poderá sofrer sérios ferimentos
durante uma frenagem de emergência ou uma
colisão. Também não permita que se sente no
seu colo. Isto não proporciona segurança su-
ficiente.
Se a cinta transversal deslocar-se pelo pes-
coço da criança ou seu rosto, coloque a crian-
ça sentada levemente deslocada para perto
do lado central do assento, de forma que o
cinto desça pelo ombro.
Mulheres grávidas: Utilize sempre o cinto de
segurança. Pergunte ao seu médico sobre re-
comendações específicas. O cinto deve ser uti-
lizado corretamente e o mais baixo possível,
sobre a cintura e não sobre a barriga.
Pessoas com ferimentos: Utilize sempre o
cinto de segurança. Dependendo do ferimento,
verifique com o seu médico sobre recomen-
dações específicas.
ATENÇÃO
• Os ocupantes deverão sentar-se ade-
quadamente e utilizar os cintos de se-
gurança sempre que o veículo estiver
em movimento, caso contrário a pro-
babilidade de ferimentos ou morte será
Cintos de segurança —
— Precauções com os cintos
de segurança
A Toyota insiste para que o motorista e os pas-
sageiros estejam adequadamente e segura-
mente protegidos todo o tempo com os cintos
de segurança. Negligência na utilização dos
mesmos aumenta a probabilidade de
ferimentos e/ou a severidade dos mesmos em
acidentes.
Os cintos de segurança instalados no seu
veículo foram projetados em porte suficiente
para a estatura de um adulto.
Crianças: Utilize um sistema de segurança
adequado para crianças até que se torne de-
senvolvida o suficiente para usar os cintos de
segurança do veículo. Veja “Segurança para
crianças”, página 1-3-28 para detalhes.
Caso uma criança já seja crescida para utilizar
o sistema, ela deverá sentar-se no banco tra-
seiro e utilizar o cinto de segurança do veículo.
Coloque a criança no banco traseiro e utilize o
cinto de segurança. De acordo com estatísti-
cas sobre acidentes, a criança está mais segu-
ra sentada no banco traseiro e utilizando o cinto
de segurança, do que no banco dianteiro.
Se alguma criança precisar ocupar o banco di-
anteiro, os cintos deverão ser usados apropri-
adamente. Se houver um acidente e os cintos
não estiverem sendo usados corretamente, a
força da inflagem rápida do airbag poderá re-
sultar em morte ou ferimentos graves para a
criança.
Descanso de braço
Para usar o descanso de braço,puxe-o con-
forme indicado.

Perguntas e respostas

Ainda não há perguntas sobre o Toyota Corolla Fielder (2006).

Pede informação sobre o Toyota Corolla Fielder (2006)

Tens uma pergunta sobre o Toyota Corolla Fielder (2006) mas não consegues encontrar uma resposta no manual de utilizador? Provavelmente os utilizadores do ManualsCat.com podem ajudar-te a responder à tua pergunta. Ao completar o seguinte formulário, a tua pergunta irá aparecer abaixo do manual do Toyota Corolla Fielder (2006). Certifica-te de descrever o problema encontrado no Toyota Corolla Fielder (2006) na forma mais precisa possível. Quanto mais precisa for a tua pergunta, mais possibilidades terás de receber rapidamente uma resposta por um outro utilizador. Receberás automaticamente um e-mail para informar-te que alguém respondeu à tua pergunta.