Manual do SilverCrest SBB 850 EDS A1

Abaixo está disponível um manual do SilverCrest SBB 850 EDS A1. Todos os manuais do ManualsCat.com podem ser visualizados gratuitamente. Pelo botão "Seleccionar uma língua", podes escolher em que lingua preferes visualizar o manual.

  • Marca: SilverCrest
  • Produto: Máquina de fazer pão
  • Modelo/nome: SBB 850 EDS A1
  • Tipo de ficheiro: PDF
  • Línguas disponíveis: Holandês, Alemão, France, Italien, Inglês, Espagnol, Português

Índice

Página: 0
5
KITCHEN TOOLS
Cuaderno de recetas SBB 850 EDS A1
Ricettario
Cuaderno de recetas
Recipe Book
Livro de receitas
Ricettario
Rezeptheft
KOMPERNASS GMBH
BURGSTRASSE 21 · D-44867 BOCHUM
www.kompernass.com
ID-Nr.: SBB 850 EDS A1-01/11-V1
IAN: 64338
CV_RH_64338_SBB850EDSA1_LB5.qxd 25.02.2011 9:27 Uhr Seite 1
Página: 25
- 25 -
LIVRO DE RECEITAS PÁGINA
Informações úteis sobre ingredientes a utilizar 26
Sugestões 27
Misturas pré-preparadas 28
Receitas para um pão de aprox. 1000g 29
Programa 1 Normal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .29
Programa 2 Solto . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .30
Programa 3 Integral . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .30
Programa 4 Doce . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .31
Programa 5 Expresso . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .32
Programa 6 Massa (para amassar) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .32
Programa 7 Pasta para massa . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .33
Programa 8 Pão de soro de manteiga . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .33
Programa 9 Sem glúten . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .33
Programa 10 Bolo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .34
Programa 11 Compota . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .34
Resolução de Problemas -Receitas 36
RH_64338_SBB850A1_PT.qxd 25.02.2011 13:38 Uhr Seite 25
Página: 26
- 26 -
Informações úteis sobre
ingredientes a utilizar
FARINHA
Podem ser utilizadas a maior parte dos tipos de fa-
rinhas habituais no mercado tal como a farinha de
trigo e de centeio (tipo 405-1150). A designação
dos tipos de farinhas pode variar consoante o
país. Com o programa de cozedura “Sem glúten”
é possível utilizar tipos de farinha sem glúten, como
p.ex. farinha de milho, de trigo sarraceno ou ami-
do de batata. Podem também ser utilizadas mistu-
ras prontas a cozer. Para adição de porções mais
pequenas (10-20%) de grãos ou cereais triturados,
são mais adequados os programas 1 e 2. No caso
de porções maiores de farinha integral (70-95%)
deve ser utilizado o programa 3. Nas receitas são
utilizadas as seguintes variedades de farinha:
V
Va
ar
ri
ie
ed
da
ad
de
es
s
d
de
e f
fa
ar
ri
in
nh
ha
a
D
De
es
sc
cr
ri
iç
çã
ão
o
Tipo 405 Farinha de trigo normal
Tipo 550
Farinha de trigo com baixo
teor de fermento, para
massas com poros finos
Tipo 997 Farinha de centeio normal
Tipo 812
Farinha de trigo, para pão
de mistura claro
Tipo 1050
Farinha de trigo escura
para pão de mistura ou
produtos de panificação
saborosos
Tipo 1150
Farinha de centeio com
elevado teor de minerais
FERMENTO
Durante o processo de fermentação, o fermento di-
vide as percentagens de açúcar e de hidratos de
carbono existentes na massa, transformando-as em
dióxido de carbono, o que faz com que a massa
levede. O fermento pode ser obtido das seguintes
formas: fermento seco, levedura ou fermento de
fermentação rápida. Para a máquina de cozer pão
recomendamos a utilização de fermento seco que
permite alcançar os melhores resultados. Ao utili-
zar levedura em vez de fermento seco, deve re-
speitar as indicações na embalagem. Normalmen-
te, 1 pacote de fermento seco corresponde a
aprox. 21g de levedura e é a dose adequada
para cerca de 500g de farinha. Guarde a levedu-
ra sempre no frigorífico, pois o calor pode danifi-
cá-la. Verifique se se encontra dentro do prazo de
validade. Após abrir a embalagem, a levedura
não utilizada deve ser novamente embrulhada e
guardada no frigorífico.
Nota: A elaboração das receitas neste manual,
baseou-se na utilização de fermento seco.
AÇÚCAR
O açúcar tem uma importante influência no grau
para tostar e no sabor do pão. O processo de fer-
mentação da levedura é iniciado pelo açúcar e a
massa leveda melhor e mais rapidamente. As recei-
tas neste manual de instruções pressupõem a utiliza-
ção de açúcar cristalizado. Não use açúcar em pó,
a não ser que seja expressamente especificado. A
sacarina não serve de substituto para o açúcar.
SAL
O sal é importante para o sabor e para o grau de
tostagem. É um produto com um efeito inibidor na
fermentação. Por isso, não se deve exceder as
quantidades de sal indicadas nas receitas. O sal
pode ser excluído, por motivos nutricionais. Neste
caso, o pão pode levedar mais do que é habitual.
RH_64338_SBB850A1_PT.qxd 25.02.2011 13:38 Uhr Seite 26
Página: 27
- 27 -
LÍQUIDOS
Pode utilizar líquidos como leite, água ou leite em
pó dissolvido em água para fazer o pão. O leite
aumenta o sabor do pão e torna a côdea menos
estaladiça, enquanto que a água pura a torna
mais estaladiça. Algumas receitas especificam a
utilização de sumos de fruta para dar um sabor di-
ferente ao pão.
OVOS
A utilização de ovos enriquece o pão e proporcio-
na-lhe uma estrutura mais macia. Se utilizar as
receitas deste manual de instruções use ovos da
classe L.
GORDURAS: MARGARINA PARA CULINÁRIA,
MANTEIGA, ÓLEO
As margarinas para culinária, manteiga e óleo tor-
nam o pão com fermento mais mole. O pão tipo fran-
cês deve a sua côdea e estrutura únicas aos ingre-
dientes pobres em gordura. O pão com gordura
mantém-se fresco durante mais tempo. Se utilizar
manteiga directamente do frigorífico, deve cortá-la
em pedaços pequenos para facilitar a sua incorpora-
ção na massa durante a fase de amassar.
SEM GLÚTEN
A Doença Celíaca, também designada de psilose
nos adultos, é uma doença crónica, despoletada
pelo consumo de alimentos que contêm glúten. O
glúten (gliadina) contido no trigo e outros deste de-
rivado, e outras substâncias albuminosas contidas
no centeio, na cevada e aveia provocam danos na
mucosa do duodeno. Só devem ser consumidos
pães especiais que podem ser obtidos em lojas de
alimentos naturais ou cozinhados em casa, elabo-
rados com farinhas sem glúten. Confeccionar pão
e bolos com farinhas sem glúten requer uma espe-
cial atenção. Tais farinhas precisam de mais tempo
para a absorção de líquidos e possuem outras ca-
racterísticas de levedação. As farinhas sem glúten
também devem ser amassadas com levedantes sem
glúten para tornar o pão mais fofo. Estes são, por
exemplo, fermento em pó de tartarato monopotás-
sico, levedura, massa levedada de farinha de mil-
ho ou de arroz, fermento à base de milho ou
espessantes como farinha de semente de guar, fa-
rinha de semente de alfarroba, Kuzu, pectina, ami-
do de araruta ou carragenina. Além disso é preci-
so prescindir do habitual sabor do pão. Também a
consistência de pão sem glúten é diferente dos
pães de farinha de trigo.
MEDIÇÃO DOS INGREDIENTES
Juntamente com a máquina de cozer pão obtém os
seguintes recipientes medidores, com o objectivo
de facilitar a medição dos ingredientes:
1 Copo medidor com indicação da quantidade
1 Colher de medida grande, que corresponde a
uma colher de sopa (CS)
1 Colher de medida pequena, que corresponde a
uma colher de chá (C. Chá.).
Coloque o copo de medição numa superfície pla-
na. Tenha em atenção que as quantidades têm de
corresponder exactamente às linhas de medição.
Para efectuar a medição de ingredientes secos, o
recipiente medidor tem de estar seco.
Sugestões
Cozer em diferentes zonas climáticas
Em regiões mais altas, a fermentação é mais rápi-
da devido à baixa pressão atmosférica. Por isso
não é necessário utilizar tanto fermento. Em regi-
ões secas a farinha é mais seca e requer, por isso,
um pouco mais de líquido. Em regiões húmidas a
farinha é mais húmida e requer, por isso, menos lí-
quido. Neste caso, vai precisar de um pouco mais
de farinha.
RH_64338_SBB850A1_PT.qxd 25.02.2011 13:38 Uhr Seite 27
Página: 28
- 28 -
Misturas pré-preparadas
Pode também utilizar misturas pré-preparadas ne-
sta máquina de cozer pão. Para isso, tenha atenç-
ão às indicações do fabricante constantes na em-
balagem. Na tabela pode encontrar exemplos de
conversão de algumas misturas pré-preparadas
para pão.
Cortar e conservar pão
Para obter os melhores resultados, coloque o pão
acabado de fazer numa grelha e deixe arrefecer
15 a 30 minutos antes de o cortar. Para cortar, uti-
lize uma máquina de cortar pão ou uma faca eléc-
trica. O pão que não foi consumido pode ser guar-
dado em sacos de conservação ou recipientes de
plástico, à temperatura ambiente, durante três dias.
Se pretender guardá-lo por mais tempo (até 1 mês)
deve congelá-lo. Uma vez que este pão cozido
não contém conservantes, não se conserva tanto
tempo como o pão fabricado de forma industrial.
Mistura para um pão de aprox. 750 g
Preparado para pão de mistura com
vários cereais
500 g de preparado
350 ml de água
Preparado para pão de mistura de trigo com
sementes de girassol
500 g de preparado
350 ml de água
Preparado para pão de trigo e centeio integrais 500 g de preparado
370 ml de água
Preparado para pão de mistura de trigo e cen-
teio
500 g de preparado
350 ml de água
Preparado para pão de trigo e sêmola de trigo
500 g de preparado
360 ml de água
1 C. de chá de azeite
As misturas pré-preparadas para pão, que podem ser adquiridas no Lidl, são especialmente indicadas para
esta máquina de fazer pão.
RH_64338_SBB850A1_PT.qxd 25.02.2011 13:38 Uhr Seite 28
Página: 29
- 29 -
Receitas para um pão de
aprox. 1000g
Nota: Para um melhor resultado, prepare a massa
com uma batedeira. De seguida, coloque a massa
pronta na forma. Ajuste o peso para 1000 g com
o botão “Peso do pão”. Seleccione o grau de co-
zedura pretendido para o seu pão. Tenha em ate-
nção que as indicações de quantidades tratam-se
apenas de valores de referência. Podem existir pe-
quenas oscilações no resultado da cozedura.
Programa 1 Normal
Pão de sementes de girassol
300 ml de leite morno
1 CS de manteiga
540 g de farinha tipo 550
5 CS de sementes de girassol
1 C. de chá de sal
1/2 C. de chá de açúcar
1 pacote de fermento seco
Pão de massa fermentada
50 g Massa fermentada
350 ml de água
1,5 CS de manteiga
1,5 C. chá de sal
1 c. chá de açúcar
180 g de farinha tipo 997
360 g de farinha tipo 1050
1 pacote de fermento seco
Pão saloio:
300 ml de leite
1,5 C. chá de sal
2 ovos
1,5 CS de manteiga/margarina
540 g de farinha tipo 1050
1 CS de açúcar
1 pacote de fermento seco
Pão de batata
300 ml de água/leite
2 CS manteiga
1 ovo
90g de batatas cozidas e esmagadas
1 C. chá de sal
2 CS de açúcar
540 g de farinha tipo 550
1 pacote de fermento seco
Pão de ervas
350 ml de soro de leite
1 C. de chá de sal
1,5 CS de manteiga
1 CS de açúcar
540 g de farinha tipo 550
4 CS de salsa picada
3/4 pacote de fermento seco
Pão de pizza
300 ml de água
1 CS de óleo
1 C. chá de sal
1 C. chá de açúcar
1 C. chá de orégãos secos
2 CS de queijo parmesão ralado
50 g de salame em fatias finas
540 g de farinha tipo 550
3/4 pacote de fermento seco
Pão de cerveja
150 ml de água
150 ml de cerveja
540 g de farinha tipo 550
3 CS de farinha de trigo sarraceno
1,5 CS de farelo
1 C. de chá de sal
3 CS de sementes de sésamo
1,5 CS de extracto de malte (concentrado)
1/2 pacote de fermento seco
150 ml de preparado de massa fermentada
RH_64338_SBB850A1_PT.qxd 25.02.2011 13:38 Uhr Seite 29
Página: 30
- 30 -
Pão de milho
350 ml de água
1 CS de manteiga
540 g de farinha tipo 550
3 CS de sêmola de milho
1/2 maçã picada com casca
3/4 pacote de fermento seco
Programa 2 Solto
Pão branco "clássico"
320 ml de água/leite
2 CS de manteiga
1,5 C. de chá de sal
2 CS de açúcar
600 g de farinha de trigo tipo 550
1 pacote de fermento seco
Pão branco
320 ml de água
20 g de manteiga
1,5 C. de chá de sal
1,5 C. de chá de açúcar
600 g de farinha de trigo tipo 405
1 pacote de fermento seco
1 ovo
Pão de mel
320 ml de água
1,5 C. de chá de sal
2,5 C. de chá de azeite
1,5 CS de mel
600 g de farinha tipo 550
1 pacote de fermento seco
Pão de semente de papoila
300 ml de água
540 g de farinha tipo 550
1 C. chá de açúcar
1 C. de chá de sal
75 g de sementes de papoila moída
1 CS de manteiga
1 pitada de noz moscada
3/4 pacote de fermento seco
1 CS de queijo parmesão ralado
Pão com pimento
310 ml de água
1,5 C. de chá de sal
1,5 C. de chá de óleo
1,5 C. de chá de pimento em pó
530 g de farinha tipo 812
1 pacote de fermento seco
130 g de pimento vermelho, picado
Programa 3 Integral
Pão de centeio integral
75 g de massa fermentada
325 ml de água quente
2 CS de mel de abeto
350 g de farinha de centeio integral
150 g de farinha de trigo integral
1 CS de farinha de alfarroba
1/2 CS de sal
1 pacote de fermento seco
Pão de espelta
350 ml de soro de leite
360 g de farinha de espelta integral
90 g de farinha de centeio integral
90 g farelo de espelta
50 g de sementes de girassol
1 C. de chá de sal
1/2 C. de chá de açúcar
75 ml preparado de massa fermentada
3/4 pacote de fermento seco
RH_64338_SBB850A1_PT.qxd 25.02.2011 13:38 Uhr Seite 30
Página: 31
- 31 -
Pão de farelo de trigo
350 ml de água
1 C. de chá de sal
2 CS de manteiga
1,5 colher de sopa de mel
360 g de farinha tipo 1050
180 g de farinha de trigo integral
50 g farelo de trigo
3/4 pacote de fermento seco
Pão integral
350 ml de água
25 g de manteiga
1 C. de chá de sal
1 c. chá de açúcar
270 g de farinha tipo 1050
270 g de farinha de trigo integral
3/4 pacote de fermento seco
Pão de centeio
300 ml de água
1,5 CS de manteiga
1,5 CS de vinagre
1 C. de chá de sal
1,5 CS de açúcar
180 g de farinha de centeio tipo 1150
360 g de farinha tipo 1050
1 pacote de fermento seco
Pão de sete cereais
300 ml de água
1,5 CS de manteiga
1 C. de chá de sal
2,5 C. de chá de açúcar
240 g de farinha tipo 1050
240 g de farinha de trigo integral
60 g 7 tipos de cereais diversos
3/4 pacote de fermento seco
Pão escuro
400 ml de água quente
160 g de farinha de trigo tipo 550
200 g farelo grosso integral de centeio
180 g farelo fino de centeio
1 C. de chá de sal
100 g de sementes de girassol
100 ml xarope de cenoura escuro
1 pacote de fermento seco
1 embalagem de massa fermentada seca
Programa 4 Doce
Pão de passas
300 ml de água
2,5 CS de manteiga
1,5 CS de mel
1 C. de chá de sal
540 g de farinha de trigo tipo 405
100 g de passas
3/4 pacote de fermento seco
Pão de passas e nozes
300 ml de água
1,5 CS de manteiga
1 C. de chá de sal
1 CS de açúcar
540 g de farinha tipo 405
100 g de passas
3 CS de nozes moídas
3/4 pacote de fermento seco
RH_64338_SBB850A1_PT.qxd 25.02.2011 13:38 Uhr Seite 31
Página: 32
- 32 -
Pão de chocolate
400 ml de leite
100 g queijo quark magro
1,5 C. de chá de sal
1,5 C. de chá de açúcar
600 g de farinha de trigo integral
10 CS de cacau
100 g chocolate de leite
1 pacote de fermento seco
Utilize chocolate de leite ou chocolate amargo. Se
pincelar a massa depois de amassada com uma
1 CS leite, a côdea ficará mais escura.
Pão doce
300 ml de água/leite
2 CS de manteiga
2 ovos
1,5 C. de chá de sal
1,5 CS de mel
600 g de farinha tipo 550
1 pacote de fermento seco
Programa 5 Expresso
Pão de trigo Expresso
360 ml de água
5 CS de óleo
4 C. de chá de açúcar
4 C. de chá de sal
630 g de farinha de trigo tipo 405
1 pacote de fermento seco
Pão de pimenta e amêndoas
300 ml de água
540 g de farinha tipo 550
1 C. de chá de sal
1 c. chá de açúcar
2 CS de manteiga
100 g de amêndoa laminada (tostada)
1 CS de grãos de pimenta verde de conserva
3/4 pacote de fermento seco
Pão de cenoura
330 ml de água
1,5 CS de manteiga
600 g de farinha tipo 550
90 g de cenouras cortadas bem finas
2 C. de chá de sal
1,5 C. de chá de açúcar
1 pacote de fermento seco
Programa 6 Massa (para amassar)
Massa para pizza (para 2 pizzas)
300 ml de água
1 CS de azeite
3/4 C. de chá de sal
2 C. de chá de açúcar
450 g de farinha de trigo tipo 405
1 pacote de fermento seco
Massa para pizza integral
300 ml de água
1 CS de azeite
3/4 C. de chá de sal
1 CS de mel
450 g de farinha de trigo integral
50 g de gérmen de trigo
1 pacote de fermento seco
Estenda a massa e deixe-a levedar durante aprox.
10 minutos. Adicione os ingredientes a gosto e
coza a pizza a 180°C, durante aprox. 20 minu-
tos.
Pãezinhos de farelo
200 ml de água
50 g de manteiga
3/4 C. de chá de sal
1 ovo
3 CS de açúcar
500 g de farinha do tipo 1050
50 g farelo de trigo
1 pacote de fermento seco
RH_64338_SBB850A1_PT.qxd 25.02.2011 13:38 Uhr Seite 32
Página: 33
- 33 -
Brezel
200 ml de água
1/4 C. de chá de sal
360 g de farinha tipo 405
1/2 C. de chá de açúcar
1/2 pacote de fermento seco
Amasse a massa e modele em forme de Brezel. De
seguida, pincele os Brezel com gema de ovo bati-
da e polvilhe com sal grosso (para aprox. 12 Bre-
zel, cerca de 1 a 2 CS de sal grosso). Cozer os
Brezel a aprox. 230°C, cerca de 15-20 minutos.
Baguete francesa
300 ml de água
1 CS de mel
1 C. de chá de sal
1 C. de chá de açúcar
540 g de farinha tipo 550
1 pacote de fermento seco
Com a massa forme um rolo e corte a parte super-
ior da baguete na diagonal. Deixe a massa leve-
dar durante aprox. 30-40 minutos. Cozer a aprox.
175°C, cerca de 25 minutos.
Programa 7 Pasta para massa
5 ovos (à temperatura ambiente) ou 300 ml de
água
250 g farinha de trigo tipo 405
250 g farinha de trigo tipo 1050
Programa 8 Pão de soro de manteiga
Pão de soro de leite (tipo 1)
350 ml de soro de leite
2 CS de manteiga
2 C. de chá de sal
3 CS de açúcar
600 g de farinha de trigo tipo 1050
1 pacote de fermento seco
Pão de soro de leite (tipo 2)
250 ml de soro de leite
130 ml de água
600 g de farinha de trigo tipo 1050
60 g de farinha de centeio tipo 997
1,5 C. de chá de sal
1 pacote de fermento seco
Pão de iogurte
250 ml de água ou leite
150 g de iogurte
1 C. de chá de sal
1 C. chá de açúcar
500 g de farinha tipo 550
3/4 pacote de fermento seco
Pão de queijo quark
200 ml de água/leite
3 CS de óleo
260 g queijo quark (40% de gordura)
600 g farinha de trigo
1,5 C. de chá de sal
1,5 C. de chá de açúcar
1 pacote de fermento seco
Programa 9 Sem glúten
 Nota:
Caso pretenda confeccionar pão sem glúten, limpe
a forma, as varas para amassar e o aparelho em
profundidade. Mesmo pequenos resíduos de farin-
ha podem provocar uma reacção alérgica em pes-
soas com hipersensibilidade ao glúten.
Pão de batata sem glúten
440 ml de água
1,5 CS de óleo
400 g misturas de farinhas sem glúten
(p.ex. "Mistura B" da marca Schär)
1,5 C. de chá de sal
1,5 C. de chá de açúcar
1,5 pacote de fermento seco
230 g batatas cozidas, sem pele e desfeitas em puré
RH_64338_SBB850A1_PT.qxd 25.02.2011 13:38 Uhr Seite 33
Página: 34
- 34 -
Pão de iogurte sem glúten
350 ml de água
150 g de iogurte natural
1,5 CS de óleo
1,5 CS de vinagre
100 g farinha sem glúten
(p.ex. milho miúdo, arroz, trigo sarraceno)
400 g de misturas de farinhas sem glúten
(p.ex. "Mistura B" da marca Schär)
1,5 C. de chá de sal
1,5 C. de chá de açúcar
1,5 pacote de fermento seco
1 C. de chá de farinha de semente de guar ou de
alfarroba
Pão de cereais sem glúten
250 ml de água
200 ml de leite
1,5 CS de óleo
500 g mistura de farinhas sem glúten
1,5 C. de chá de sal
1,5 C. de chá de açúcar
1,5 pacote de fermento seco
100 g de sementes (p.ex. sementes de girassol)
Pão de arroz sem glúten
350 ml de água
200 g de iogurte natural
1,5 CS de óleo
1,5 CS de vinagre
200 g de farinha de arroz
300 g mistura de farinhas sem glúten
1,5 C. de chá de sal
1,5 C. de chá de açúcar
1,5 pacote de fermento seco
1 C. de chá de farinha de semente de guar ou de
alfarroba
Programa 10 Bolo
As misturas para bolos pré-preparadas são ade-
quadas para este programa.
Tenha em atenção as indicações de preparação
constantes na embalagem.
Programa 11 Compota
Os doces ou compotas podem ser preparados rápida
e facilmente na máquina de fazer pão. Mesmo que
nunca tenha feito compostas anteriormente, deve ten-
tar. Obtém compotas deliciosas. Proceda da seguinte
forma:
• Lave as frutas maduras e frescas. Descasque even-
tualmente as maçãs, pêssegos, pêras e outros fru-
tos de casca dura.
• Utilize sempre as quantidades indicadas, pois
estas foram determinadas de forma precisa
para o programa COMPOTA. Caso contrário,
a massa coze cedo demais e transborda.
• Pese os frutos, corte em pedaços pequenos
(máx.1 cm) ou desfaça em puré e coloque no
recipiente.
• Adicionar a quantidade indicada de açúcar
gelificante "1:1". Utilize apenas este açúcar e
não o açúcar caseiro ou gelificante "2:1", caso
contrário a compota não fica firme.
• Pouco antes da conclusão do programa, enxagúe
os frascos de compota com água quente.
• De seguida, encha os frascos com compota e
feche-os correctamente.
• Coloque os frascos fechados voltados para baixo
durante aprox. 5 - 10 minutos. Deste modo, é
criado um vácuo no frasco e a compota
conserva-se durante mais tempo.
• Misture os frutos com o açúcar e inicie o pro-
grama que decorre automaticamente.
• Quando o programa termina, pode colocar a
compota em frascos e fechá-los bem.
RH_64338_SBB850A1_PT.qxd 25.02.2011 13:38 Uhr Seite 34
Página: 35
- 35 -
Compota de laranja
350 g de laranjas
150 g de limões
500 g de açúcar gelificante
Compota de morango
500 g de morangos
500 g de açúcar gelificante
2 -3 colheres de sopa de sumo de limão
Compota de frutos silvestres
500 g de frutos silvestres descongelados
500 g de açúcar gelificante
1 colher de sopa de sumo de limão
Misturar todos os ingredientes na forma.
Bom apetite!
Receitas sem qualquer garantia. Todos os valores
relativos aos ingredientes e à preparação são valo-
res de referência. Complete estas sugestões de re-
ceitas com a sua experiência pessoal. Esperamos
que obtenha bons resultados e bom apetite.
RH_64338_SBB850A1_PT.qxd 25.02.2011 13:38 Uhr Seite 35
Página: 36
- 36 -
Porque é que o meu pão tem um pouco de farinha na
côdea?
A massa poderia estar demasiado seca. Da próxima vez
tenha uma atenção especial às medições dos ingredien-
tes. Adicione até 1 CS de líquido a mais.
Porque é que os ingredientes têm de ser introduzidos por
uma determinada ordem?
Assim prepara melhor a sua massa. Ao utilizar a função
de temporizador evita que o fermento se misture com o
líquido antes da massa estar bem mexida.
Porque é que a massa ficou só parcialmente amassada? Verifique se as varas para amassar e a forma estão cor-
rectamente encaixados. Verifique também a consistência
da massa e acrescente uma ou mais vezes 1/2 ou 1 CS
de líquido ou de farinha depois de amassar. Em caso de
misturas pré-preparadas: A quantidade de mistura pré-
preparada e de ingredientes não foi adaptada à capaci-
dade da forma. Reduza a quantidade de ingredientes.
Porque é que o pão não levedou? O fermento utilizado era demasiado velho ou não foi
acrescentado fermento.
Quando é que se devem introduzir nozes e fruta na
massa?
Ouve-se um sinal sonoro, no momento em que os ingre-
dientes devem ser adicionados. Se adicionar estes ingre-
dientes à massa logo no início, as nozes ou a fruta
podem ser triturados pelas varas para amassar.
O pão cozido está demasiado húmido. Verifique a consistência da massa 5 min. depois de iniciar o
processo de amassar e, se necessário, adicione farinha.
A superfície do pão tem bolhas de ar. Possivelmente utilizou fermento a mais.
O pão leveda, mas abate. O pão leveda talvez demasiado depressa. Para evitar
isso, reduza a quantidade de água e/ou aumente a
quantidade de sal e/ou reduza a quantidade de fermen-
to.
Podem também utilizar-se outras receitas? Pode utilizar outras receitas, mas respeite sempre as indi-
cações das quantidades. Familiarize-se com o aparelho e
com as receitas anexas antes de experimentar as suas
próprias receitas. Nunca exceda a quantidade de 700 g
de farinha. Oriente-se pelas quantidades das receitas
anexas quando quiser adaptar às suas receitas.
Resolução de Problemas -Receitas
RH_64338_SBB850A1_PT.qxd 25.02.2011 13:38 Uhr Seite 36

Perguntas e respostas

Ainda não há perguntas sobre o SilverCrest SBB 850 EDS A1.

Pede informação sobre o SilverCrest SBB 850 EDS A1

Tens uma pergunta sobre o SilverCrest SBB 850 EDS A1 mas não consegues encontrar uma resposta no manual de utilizador? Provavelmente os utilizadores do ManualsCat.com podem ajudar-te a responder à tua pergunta. Ao completar o seguinte formulário, a tua pergunta irá aparecer abaixo do manual do SilverCrest SBB 850 EDS A1. Certifica-te de descrever o problema encontrado no SilverCrest SBB 850 EDS A1 na forma mais precisa possível. Quanto mais precisa for a tua pergunta, mais possibilidades terás de receber rapidamente uma resposta por um outro utilizador. Receberás automaticamente um e-mail para informar-te que alguém respondeu à tua pergunta.